Category Archives: Informática

Yahoo rejeita oferta da Microsoft

Microhoo? Não, obrigado!, diz a administração da Yahoo! que, vai comunicar na segunda-feira que rejeitou a proposta de compra da Microsoft.  Segundo o Washington Post e o New York Times, que avançaram com a notícia, a Yahoo! considera que a proposta da empresa fundada por Bill Gates (30 mil milhões de euros) fica abaixo do valor da Yahoo!. Se a nega não me surpreende, a razão parece uma brincadeira: a Yahoo! (essa velharia da web 1.0) perde valor todos os dias. A Microsoft, que até se dispunha a pedir pela primeira vez na vida um empréstimo para concretizar o negócio, perde ou ganha?

 

DO ARQUIVO:

Todos contra a Microhoo!

Anúncios

Todos contra a Microhoo!

2237793638_d5e712d846.jpg
Foto: Gustavo Cardoso | Flickr

Ou, nas palavras do António Larguesa, que deixou aí um comentário certeiro, todos contra “a irascível obsessão de Bill pelo monopólio”. A OPA não solicitada da Microsoft sobre a Yahoo! já está a gerar reacções negativas mais ou menos sonantes. Em destaque,  a oposição da Google (claro). Leia-se o que diz o vice-presidente da Google, David Drummond, no blog oficial do motor de pesquisa. Basicamente especula sobre os desígnios desta OPA, tendo em conta o comportamento industrial da Microsoft, sempre disponível para fechar a sua concha independentemente do melhor interesse dos consumidores e do mercado. Drummond vai ao ponto de questionar se este negócio põe em causa ou não uma Internet livre. A Microsoft já reagiu: “o negócio tornaria o mercado mais competitivo, criando um competidor do Google, que domina hoje em dia as pesquisas e as receitas de publicidade na Internet”, garantiu Brad Smith, do conselho geral da Microsft.  A discussão está em todo o lado. Eu estou sem tempo, mas gostava de salientar esta análise de Jeff Jarvis. E chamar a atenção para a cibercontestação em marcha no Flickr (empresa da Yahoo!) – user generated content contra vontades monopolistas 😉

ACT 13H53

A GOLPADA

Se a Yahoo rejeitar a OPA da Microsoft, a empresa fundada por Bill Gates vai nomear novos administradores para o conselho de administração da Yahoo (da qual a Microsoft é accionista). A ameaça acaba de ser noticiada pelo The Times e, mesmo tendo em conta que os novos administradores teriam que ser aprovados pela assembleia geral de accionistas da Yahoo, tresanda a golpada. Link.

O negócio Microsoft-Yahoo e os recordes de compras dotcom

Longe vão os tempos em que o homem mais rico do mundo, Bill Gates, menosprezava a Internet: a Microsoft anunciou hoje uma proposta de compra da Yahoo pelo valor de 44,6 mil milhões de dólares (30 mil milhões de euros). 

 oferta-microsoft-yahoo.png 
oferta-microsoft-yahoo.pdf

A empresa de Bill Gates oferece um preço por acção da Yahoo que é superior em 62 por cento ao valor bolsista da Yahoo  no fecho de ontem da praça americana. Mau negócio, contas erradas ou um sinal da importância que a Microsoft atribui à luta contra o domínio da Google na Internet?

A concretizar-se a aquisição, a Microsoft estabeleceria um novo recorde em negócios no universo dot.com. Eis uma lista dos maiores negócios (preços em euros, ao câmbio actual):

Continuar a ler

MacBook Air: será que podia ser mais fino? E mais barato?

macbookair1.jpg
Foto: Reuters 

Tem 1,9 centímetros de espessura na parte mais grossa (a mesma que a de alguns modelos Sony Vaio) e 0,4 cm na parte mais fina. Pesa 1,38 kg e tem um ecrã de 13 polegadas sem mercúrio. Chama-se MacBook Air, tem um preço de lançamento à volta dos 1650 euros (com processador Core 2 Duo, a 1,6 GHz e disco duro de 80 GB) e é o novo notebook da marca de Steve Jobs, a Apple. O mesmo modelo pode ser mil euros mais caro quando equipado com um processador Core 2 Duo de 1,8 GHz e memória flash de 64 GB. Ambas as versões dispõem memória RAM de 2 GB e uma bateria que promete cinco horas de autonomia. Link, para ver restantes características.

air-jobs.jpgO “sr. Apple” apresentou ele próprio, hoje, a nova coqueluche na feira Macworld, que decorre em São Francisco, EUA. Como não podia deixar de ser foram anunciadas outras novidades, como o aluguer de vídeos a 3,99 dólares (novidades) e 2,99 dólares (filmes já lançados), via lojas iTunes (para já só nos EUA). Claro que com estes preços ridículamente baixos, leva-se com o DRM (Digital Rights Management) e há um período limitado para ver o filme.

Imagem: Courtney Sexton [via]

Escolas inglesas não querem Windows Vista

A agência governamental que trata das Tecnologias de Informação e de Comunicação para as escolas britânicas não quer o Windows Vista nos computadores escolares porque, entre outros argumentos, o sistema operativo da Microsoft “não vale o preço”…

(Via Ars Technica)

Como não usar o powerpoint

Informática explicada a estudantes, professores, governos, homens de negócios, empreiteiros e dirigentes desportivos

[dica de CyberJournalists, via RSS]

Insegurança na Internet provoca prejuízos astronómicos nos EUA

O spam, os vírus informáticos, o spyware e o “phishing” causou um prejuízo de sete mil milhões de dólares (quase 5,1 mil milhões de euros) aos consumidores norte-americanos. Os dados referem-se a 2005 e 2006 e constam do último “State of the net”, publicado na edição de Setembro da Consumer Reports, mas que já se encontra disponível online. A pesquisa foi conduzida pelo Consumer Reports National Research Center, dos Estaddos Unidos, e o relatório conclui que a Internet está longe de ser um espaço seguro.

Mais dados e ligações? Continuar a ler