Madeleine McCann

 

Poucos dias após o desaparecimento da pequena Madeleine McCann, entrevistei (no âmbito de um trabalho académico) a directora do curso de Comunicação Social da Universidade do Minho, Felisbela Lopes, docente e investigadora doutorada com uma tese sobre informação televisiva. Com as televisões e a imprensa novamente em cima do tema (até à exaustão), decidi colocar online algumas ideias dessa entrevista, pois mantém-se actual. No centro da conversa, o trabalho dos jornalistas e a sua relação com a investigação judicial que, 100 dias volvidos, não deslindou ainda o mistério .

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s