Os “diálogos” da República – pensamentos circulares

Fiel ao espírito demonstrado pelo Presidente da República Cavaco Silva na resolução do diferendo sobre a aplicação da lei da Interrupção Voluntária da Gravidez na Madeira, proponho a seguinte adenda ao Código Penal: 

“Quem boicotar, de forma consciente e deliberada,  a aplicação de uma lei é punido com cinco a 10 meses de sessões de “diálogo construtivo” com o chefe de Estado (o próprio e não um assessor).”

Passaram três dias.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s