Inteligência nada artificial

Ao preparar, recentemente, uma entrevista com o presidente da Sociedade Portuguesa de Robótica, Norberto Pires, dei-me conta que o dito senhor tem uma presença assinalável na Internet. “Googlem” o nome e verão que o resultado sugere estarmos na presença de um ser incansável, com tempo para tudo. Para dar aulas, para criar programas de automação, para escrever livros, para a família, para blogar (e muito), para produzir vídeos e colocar no YouTube.

De entre as muitas coisas que apanhei, destaco um texto de há uma semana (veja link em baixo), publicado no blogue Sobre a Natureza das Coisas, que tem este saudável hábito de publicar posts convidados. Entre os quais, o do professor Norberto Pires, no qual ele levanta a ponta do véu sobre o tema que lhe anda a tirar o sono – em inglês, neuromorphic engineering.

Em poucas palavras, trata-se de uma disciplina que tenta perceber “os mecanismos da natureza, a forma com resolveu os problemas que se lhe colocaram, nos vários seres biológicos, criando soluções robustas e eficientes” no domínio tecnológico. Grosso modo, a proposta epistemológica é “copiar” a imaginação da natureza, que segundo Pires “é maior que a imaginação do Homem”.

Para muitos de nós, o artigo em causa impressiona pelo extraordinário vanguardismo das propostas – e já agora pela elegância e bom gosto que denota, além de todo o conhecimento que apresenta. Mas a ideia de imitar a Natureza não tem novidade nenhuma. Pelo contrário, é uma ideia bem velha e, no limite, até perigosa. Já outros antes de nós quiseram aplicar ao tecido humano as leis de Darwin. Deu no que deu, como se sabe, e para nosso desgosto.

É por razões como esta que convém não exultar demasiado com a aspiração humana de superar a tecnologia e torná-la uma segunda natureza. Não me chateia mesmo nada que a tecnologia tenha os seus limites, como o professor Norberto Pires elegantemente demonstra, e que estes sejam bastante inferiores à “imaginação da Natureza”.

Link para o texto do professor Norberto Pires no blogue Sobre a Natureza das Coisas
Link para a Sociedade Portuguesa de Robótica
Link para o site e para o blogue do professor Norberto Pires

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s